Amigos Abençoados.

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Porque nos decepcionamos com as Pessoas?...

Sabe, todos nós nos decepcionamos. Faz parte do viver neste mundo caído. E nós nos decepcionamos, simplesmente, porque somos humanos. Nós nos decepcionamos porque temos expectativas em relação às outras pessoas (esperamos algo delas); porque confiamos nelas (e não há como conviver com alguém sem um mínimo de confiança); porque temos uma imagem a respeito de quem elas são (imaginamos coisas a respeito destas pessoas, formamos um quadro de quem esta pessoa é dentro de nós) e, de algum modo, nós pensamos que elas falharam conosco e este quadro que formamos dentro de nós se quebra em diversos pedaços. Na verdade, a decepção vem como um sentimento humano que surge ao enxergamos as imperfeições, contradições, adoecimentos e fraquezas das pessoas ao nosso redor e as nossas próprias. Porque, a verdade é que todos nós temos luzes e sombras, belezas e feiúras, forças e fraquezas, coragem e medo, certezas e dúvidas, saúde e doença. Somos humanos e estamos sendo, pouco a pouco, transformados pela graça, bondade, amor e misericórdia de Deus na imagem de Jesus. Nenhum de nós ainda chegou lá, mas estamos caminhando, um dia de cada vez. Se nós nos decepcionamos com alguém é porque esse alguém representava algo a mais para nós. Você não se decepciona com alguém que não admira, respeita ou valoriza. O fato é que pessoas sempre vão se decepcionar e vão decepcionar umas às outras. Isso porque nunca vamos conseguir estar sempre correspondendo a todas as expectativas que temos uns dos outros e até de nós mesmos. Afinal, somos apenas pó. Muitas vezes, o que precisamos fazer, por mais difícil que pareça no momento, é parar, e, calmamente, pensar se o modo como estávamos olhando esta pessoa, esta situação e, até mesmo, nós mesmos era sadio, equilibrado e baseado na verdade ou se muito do que estávamos acreditando e esperando era baseado em sua maior parte nas nossas expectativas, desejos, imagens e carências. Isso porque as pessoas não são a imagem que fazemos delas, elas não são o que queremos pensar que são ou o queremos que elas sejam; elas são quem são - limitadas, com suas belezas e feiúras, muitas vezes quebradas e doentes, falhas, contraditórias, sujeitas a errar, pecadoras, imperfeitas e em processo de crescimento. Podem elas estar há quarenta anos na igreja ou não serem cristãs: pessoas são pessoas. Eu sei que pessoas falam coisas, prometem coisas, fazem coisas e, muitas vezes, nós escolhemos permitir que tudo aquilo, apenas, alimente, o que nós desejamos dentro de nós. Muitas vezes, em vez de lidarmos com a realidade, lidamos, apenas, com o que queríamos que fosse realidade. É aí que quando algo acontece e a realidade vem à tona, somos tomados de um grande sentimento de decepção. Parece que fomos traídos, enganados e perdemos a nossa vida em função de tudo aquilo em que escolhemos acreditar. Posso dizer a você que ninguém tem o poder de destruir a sua vida? Posso dizer que ninguém tem o poder de fazer mais mal a você do que você mesma? Porque nós podemos ser nossos melhores amigos ou nossos piores algozes e inimigos. Nós podemos nos fazer bem ou nos fazer mal. 
Lembre-se de que a sua vida está escondida com Cristo em Deus e que nada pode separar você do imenso amor de Deus. O Rei do Universo, o Ser mais perfeito, belo, justo, bondoso, amoroso, fiel, extraordinário, poderoso, soberano, incomparável, completo e maravilhoso que existe se fez homem, na pessoa de Jesus. Ele amou você de uma forma tão extraordinária e sublime, que Ele deixou o Seu trono de eterna glória, onde era adorado e servido por milhões e milhões de seres angelicais, e se fez um varão de dores e servo sofredor. Por amor a você, Ele foi cuspido, espancado, humilhado, julgado, transpassado e cravado em uma cruz. Ninguém jamais amou você assim. Mas, lembre-se que aquilo que escolhemos pensar e o modo como escolhemos entender, enxergar, interpretar e lidar com aquilo que nos aconteceu faz muita diferença. Não é o que aconteceu que mais nos prejudica, é o modo como nós estamos entendendo, as conclusões que estamos tirando, as coisas que estamos pensando e alimentando dentro de nós, em cima daquilo que nos aconteceu. Pense sobre isto!
SEJA FELIZ HOJE NOS BRAÇOS DE JESUS.

6 comentários:

Marylane e Felipe Gifone disse...

Olá Rita, muita boa essa reflexão! Muitas vezes queremos que as pessoas girem ao nosso redor; como se todos tivessem que ser ou se transformar naquilo que pensamos ou achamos. Mas a verdade é que: todos nos temos nossas qualidades e defeitos, e temos que aprender a viver com as diferenças. Abraço amada!

Irismar Oliveira disse...

Acredito que o problema esta na perspectiva que colocamos nas pessoas e o desejo de que elas sempre supram as nossas necessidade como nunca nos decepcionar.

Jesus nao teve problema porque sempre estava disposto a dar sem esperar nada em troca se buscarmos nele esse modelo viveremos melhor.

Amiga te desejo uma boa semana

SUSY HART- disse...

Graças a Deus porque somos diferentes...mas precisamos todos os dias pedir a direção Dele, para nao sermos egoistas e sabermos o que Ele tem pra nós.
Obrigada pela visita, amiga!!! Bjs

Maria Oliveira disse...

Oi linda,obrigada pela visita!
Estou bem Graças a Deus,na Fé!
que Deus te abençoe grandiosamente!
Beijinhos!

http://ojardimdorei.blgospot.com

Felipe Paulo disse...

Boa noite Rita,

Quanto tempo, desculpas por ter andado sumido.
Pois é, é ruim quando nos decepcionamos com alguém, a vemos como um ser perfeito e sem falhas até o momento que vemos o contrário. Devemo melhorar o nosso foco de visão. Perfeito só o Senhor, e graças a Ele somos aperfeiçoados a cada dia em seres agradáveis, pois se não fosse a ajuda d'Ele nada poderíamos ser e fazer. Jesus fez e faz tanto por nós, não há como não reconhecer tanto amor e o alto preço que ele pagou.

Ótima postagem!
Abraço, tenhas uma abençoada semana!

disse...

Acredito que é porque esquecemos que a pessoa é como nós, cheia de falhas e que qualquer hora ela poderá nos decepcionara, é triste isso né?, mas é a verdade, todos somos assim. Do mesmo jeito que confio em alguém este alguém também confia em mim, e conta com minha fidelidade a ela, e não conseguimos ser do jeito que o outro quer que sejamos. rss
Lindo seu artigo Rita. bjss na testa maninha!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...